Contramargem Editores

COMO CULTIVAR TABACO

Criar plantas de tabaco é muito fácil; não muito diferente de cultivar simples tomateiros!
Encha um pequeno vaso (ou um copo de plástico com um furo na base) com terra de jardim (o ideal é comprar um saco de terra que poderá encontrar em qualquer loja de flores ou supermercado) e coloque a saqueta que contém a semente em cima da terra com a parte acinzentada virada para cima (o lado com os números de referência). Molhe a saqueta por forma a que esta fique empapada de água. Cubra-a com um pouco de terra, excepto o pequeno orifício onde se encontra a semente. Não cubra a semente com terra pois esta precisa de luz para a germinação. As sementes de tabaco são minúsculas, e a saqueta que a protege foi especialmente tratada para o seu cultivo.
Mantenha a terra e a saqueta sempre húmidas, faça-o cuidadosamente e de preferência usando um pulverizador. Durante a fase de germinação as sementes precisam de muita luz mas nunca de exposição directa ao Sol, (o Sol aquece rapidamente a terra, secando consequentemente a semente).
Pode produzir-se tabaco em qualquer altura do ano, tendo a certeza de que as sementes são mantidas a uma temperatura média, sem frios excessivos e em zona de muita luz.
Nunca deixe secar a terra e a saqueta. A uma temperatura razoável, a semente leva apenas alguns dias para germinar. A mais baixas temperaturas, a germinação levará mais alguns dias.
Quando as folhas tiverem aproximadamente 1cm de comprimento, as plantas estão então prontas para ser transplantadas para o vaso grande ou canteiro definitivo. Tenha todo o cuidado em não perturbar as raízes.
As plantas de tabaco exigem muito sol para crescer correctamente; (áreas sombreadas produzirão folhas mais esbeltas mas ao invés bastante mais pequenas). A plantação pode agora ser feita em quase qualquer lugar. Você começará a notar os pequenos rebentos em aproximadamente duas semanas.
60 dias depois, o tabaco estará pronto para ser curado.
O tabaco requer muito nitrogénio e potassa. Pode usar satisfatoriamente um fertilizante de jardim comum. Ou melhor ainda estrume orgânico.
De qualquer modo, o fertilizante só deve ser aplicado quando as plantas já estiverem no canteiro ou vaso definitivo para permitir um rápido crescimento.
Se colocar as plantas em canteiro deve espaçar cada planta aproximadamente 1 metro. Faça o transplante para o local definitivo ao escurecer, à noite, ou quando o céu esteja nublado para evitar que as pequenas e ainda frágeis plantas sequem. Regue completamente a planta depois de a transplantar e regue diariamente até as plantas se tornarem robustas (aprox. 40cm de altura). As plantas de tabaco precisam de ficar expostas ao sol durante o crescimento.
Tal como nas plantas de tomate, os pequenos rebentos laterais que nascem junto à planta principal e nesta as que nascem muito perto do solo, devem ser removidos para centrar a energia da plantas nas folhas grandes.
As flores que aparecem no topo da planta, devem todas ser removidas sempre que se pretenda a planta para a produção de tabaco. (Pode deixar uma das suas plantas com as flores para aproveitar as sementes, neste caso as folhas de tabaco que essa planta produzirá não serão de grande qualidade).
Na maioria das grandes plantações tende-se a fazer a colheita quando as folhas começam a ficar amareladas. Cada folha tem o seu próprio dia de colheita, assim a planta inteira não fica pronta para ser cortada e pendurada para secar de uma só vez.
Para secar as folhas enfie-as pelo talo com uma agulha e linha em grupos de 5 a 10 e pendure-as para secar num locar ameno. Idealmente as folhas levam cerca de duas semanas para secar completamente. Neste momento devem então ser removidas da linha e podem ser empilhadas em cima umas das outras para reduzir a velocidade do processo de secagem. Quanto menos folhas empilhar menos calor e arejamento elas precisam.
Deverá tomar cuidado de modo a evitar empilhar demasiadas folhas para que não criem bolor que é o resultado de muita humidade e pouco ar a circular entre as folhas. Os sacos de papel pardo são os ideais para curar as folhas quando estas estiverem secas. Os sacos devem ser abertos semanalmente para evitar o bolor e permitir a saída de gases acumulados.
Há muitos modos de aumentar o gosto do tabaco dependentes do processo de armazenamento que empregar. Também pode combinar tipos de plantas diferentes para produzir uma mistura que melhore o sabor final do tabaco.


Semente colocada correctamente em
pequeno vaso com terra.


Aspecto de uma planta 12 a 15 dias após semeada.

Compra e venda de propriedades no Algarve   Queiti - a energia da terra